Blog

Banco digital: Vale a pena para a sua empresa?

Banco digital: Vale a pena para a sua empresa?

13/12/2019

Na administração financeira de novos negócios, um dos primeiros passos a serem dados é a abertura de uma conta corrente para Pessoa Jurídica, fundamental para a realização de atividades e transações financeiras do cotidiano da empresa, como pagamentos e recebimentos, saques, emissão de boletos, entre diversas outras.

Mas se há algum tempo a abertura de contas exigia bater à porta dos grandes bancos tradicionais, hoje já é possível aproveitar as vantagens da tecnologia, que revolucionaram também as nossas relações com os bancos, seja para pessoas físicas ou jurídicas.

A depender das necessidades, a possibilidade de abrir contas inteiramente digitais pode apresentar diversos benefícios em relação às contas para Pessoas Jurídicas tradicionais, especialmente nos quesitos praticidade e economia. Entenda a seguir!

 

O que oferecem os bancos digitais?

Em primeiro lugar, é preciso destacar que a escolha do banco ideal para cada negócio deve ser analisada caso a caso, por meio de uma análise que considere o perfil da empresa e até mesmo do gestor.

No caso de negócios iniciantes, dadas as dificuldades de viabilizá-los financeiramente, podemos afirmar que enxugar gastos deve estar no topo das prioridades, certo? É justamente nesse sentido que as principais vantagens dos bancos digitais aparecem.

 

- Tarifas

As contas digitais surgiram e têm se fortalecido sob um forte apelo de economia no bolso: boa parte delas oferece o serviço de abertura e gerenciamento de forma gratuita (ou seja, sem aquelas mensalidades exorbitantes), além de trabalharem com taxas bem mais atrativas quando comparadas aos bancos tradicionais, contando inclusive com alguns serviços gratuitos. Apresentaremos alguns desses itens mais à frente desse artigo.

 

- Praticidade

Quem já aderiu às contas digitais para Pessoa Física também já está ciente da praticidade trazida por esse modelo de fintech no dia a dia. Para as Pessoas Jurídicas, praticidade é sinônimo de otimização de tempo: ao trocar aquelas horas antes dedicadas a se locomover até o banco por resolver tudo sem precisar sair do lugar, sobra mais tempo para dedicar a outros aspectos da gestão. O mesmo se pode dizer, ainda, no que se refere à redução de burocracias. Pode haver, portanto, um aspecto bastante estratégico nessa decisão.

 

banco-digital-pessoa-juridica

 

- Segurança

Se a ideia da administração do dinheiro de forma online te deixa desconfiado, saiba que os bancos digitais também passam pelas fiscalizações realizadas com os bancos tradicionais, de forma que se mantenham no mercado aqueles que cumprem todos os requisitos necessários para manter dados e recursos dos usuários de forma comprovadamente segura.

É claro que isso significa também buscar as instituições financeiras mais estabelecidas e estruturadas do mercado, que transmitem mais segurança sobre a realização de suas operações. Feito isso, não deixe de considerar que a administração online do seu dinheiro pode, na realidade, te privar de atividades arriscadas como ter que andar com altas quantias em cédula, tornando os serviços até mesmo mais seguros.

 

- Serviços

No que diz respeito aos serviços, os bancos digitais já são capazes de atender as pessoas jurídicas de forma bastante ampla, oferecendo os principais tipos de serviços financeiros utilizados na rotina sob diferentes condições, que variam conforme a conta.

Para realizar um comparativo baseado nas opções do mercado atual, conheça o perfil de algumas das principais contas digitais existentes.

 

Principais bancos digitais*

- Banco Inter

A conta digital corporativa do Banco Inter é 100% gratuita e possui um pacote de serviços bem abrangente e atrativo, com um número bem alto (até 100) de transferências e emissão de boletos gratuitos. É disponibilizado também um cartão para compras no débito, máquina de cartão, serviço de pagamento de boletos e títulos, folha de pagamento automática, entre outros.

- Banco Original

O Banco Original oferece a opção de administrar, no mesmo app, as contas Pessoas Física e Pessoa Jurídica, de forma que a gestão seja feita de forma individual. É possível escolher entre planos que se diferenciam no volume dos pacotes de serviços, tais como TEDs, saques, pagamentos e tarifas. É disponibilizada ainda máquina de cartão gratuita e um cartão corporativo que oferece cashback.

- Neon Pejota

A conta digital do Banco Neon oferece os principais serviços de um banco sem mensalidade, e taxas bem atrativas quando comparadas à média das instituições financeiras. É possível emitir boletos, fazer transferências e utilizar cartão de débito, bem como usufruir do cartão virtual que funciona como cartão de crédito.

*Baseado em informações de 2019

 

E então, que tal avaliar se a migração para um banco digital é uma boa medida para o seu pequeno e médio negócio? Não se esqueça de analisar o perfil da sua empresa e, ainda, o seu perfil enquanto gestor, já que seu banco deve atender suas expectativas não só no aspecto financeiro, mas também nos quesitos atendimento, relacionamento e confiança.

Para boas decisões financeiras no seu negócio, conte com o apoio de um Contador Consultor.

Posts Relacionados

Como distribuir lucros de maneira desproporcional às cotas do capital social

Como distribuir lucros de maneira desproporcional às cotas do capital social

data 15/01/2020

Ainda faça parte da rotina da empresa, há bastante confusão sobre a correta distribuição dos lucros entre sócios, já que poucos estão familiarizados com o que dita a legislação sobre as obrigatoriedades e direitos relacionados à participação nos lucros. Muita gente não sabe, por exemplo, que a distribuição de lucros não precisa necessariamente corresponder à participação de cada sócio no capital social.

Continuar Lendo >>
5 dicas para separar o dinheiro pessoal e o do negócio

5 dicas para separar o dinheiro pessoal e o do negócio

data 09/01/2020

É claro que, como dono do negócio, é de seu direito obter recursos vindos do lucro do negócio, mas isso não significa que as finanças devam ser vistas de forma conjunta. Para geri-las de forma consciente e controlada, atente-se à correta separação do que é seu e o que pertence à empresa.

Continuar Lendo >>
Como administrar as finanças de um novo negócio?

Como administrar as finanças de um novo negócio?

data 06/12/2019

Como facilitar a administração financeira de novos negócios em um período tão turbulento e arriscado como os primeiros anos? O melhor caminho se inicia pela organização e hierarquização dos diferentes planejamentos que devem ser feitos. Entenda!

Continuar Lendo >>

Agende uma apresentação agora mesmo!

Clique aqui