Blog

Como corrigir uma equipe desmotivada

Como corrigir uma equipe desmotivada

05/11/2018

Qual é a sua motivação?

Você, enquanto liderança, já deve ter feito essa pergunta para si mesmo algumas vezes. E é provável também já ter percebido que nem sempre a sua motivação está alinhada com as das pessoas das quais lidera.

  • É muito importante perceber a diferença que há entre os fatores que motivam e os efeitos de quem se sente motivado.

As consequências da motivação são da ordem do coletivo, pois é dessa forma que sua equipe produzirá mais, cumprirá os objetivos, baterá as metas e entregará com mais qualidade.

Por outro lado, a fonte da motivação é da ordem do individual, afinal, cada membro de sua equipe possui o seu próprio “motivo para a ação”, o seu próprio sonho, a sua própria meta de vida, uma razão de sentido, que é exclusiva.

  • Você, enquanto liderança, está preparado para saber equilibrar sua capacidade de gerir o coletivo e, ao mesmo tempo, ser sensível ao que motiva cada pessoa?

Se sua equipe está desmotivada, então a sua função primordial é corrigir esse problema.

Na maioria das vezes, a desmotivação da sua equipe não é a causa dos seus problemas, mas apenas mais uma das consequências dos verdadeiros problemas. Listamos abaixo as principais causas que geram desmotivação de uma equipe e como você pode corrigir isso:

 

 

1 – Processos mal definidos

Processos mal definidos geram desorganização, que, por consequência, produzem retrabalho. Quem gasta energia para se organizar o tempo todo, perde tempo e deixa de fazer aquilo que realmente é importante.

  • E se a reorganização precisa ser retomada todos os dias, então isso é indicador de que, de fato, não há nada sendo reorganizado.

Modelar os processos é o segredo nesse momento. Um trabalho eficiente é aquele que canaliza as energias para as coisas certas, de maneira objetiva. É aquele que acaba estabelecendo uma relação de sustentabilidade financeira entre cada colaborador e a receita da empresa, já que não se perde dinheiro como consequência de erros bobos na entrega final do produto ou serviço.

Quem tenta várias vezes, sem sucesso, resolver um problema, não está de fato realizando as atividades certas. Portanto, o primeiro passo é este: organize seus processos.

  • A motivação não depende apenas de um objetivo bem definido, mas de um caminho claro e curto para se chegar até ele.

 

2 – Pessoas em lugares errados

Enquanto líder, é importante que você saiba identificar o perfil de cada membro de sua equipe e colocá-los nas funções corretas.

Muitas vezes, uma pessoa com talento para a função X está alocada na função Y, e, portanto, ela poderá receber um retorno negativo injustamente. E não é só a pessoa que perde, a empresa também.

Se o potencial de alguém é desperdiçado por conta de uma má alocação, a empresa deve avaliar o perfil do colaborador e realoca-lo para uma atividade condizente com esse perfil.

  • Já pensou num gerente comercial tímido e com problemas de relacionamento interpessoal?
  • Ou então, alguém com déficit de atenção encarregado de uma atividade que requer o máximo de concentração?

Essas duas pessoas não necessariamente são más profissionais, e é você, liderança, quem deve saber perceber isso e ajustar essa disfunção o quanto antes.

 

3 – Má liderança

Além da liderança ser sensível para diagnosticar a falta de motivação da equipe, ela também precisa aguçar o senso de autocrítica constantemente.

  • Acredite, muitas vezes, o próprio líder é a principal causa da desmotivação de toda uma equipe.

Existem vários fatores para isso e um deles é a falta de comunicação entre líder e liderados. É preciso saber ouvir e também saber falar. E, além disso, é importante mediar a opinião de todos, de modo a encontrar uma síntese eficaz para a solução dos problemas, e então encontrar o caminho certeiro, sintonizado às expectativas de todos e da empresa.

É fundamental que haja uma comunicação aberta entre chefia e equipe, que a cumplicidade entre ambos seja produtora de um clima de liberdade para que sejam alcançados os objetivos comuns, mas também que possam proporcionar o crescimento individual de cada membro.

 

 

Quais seriam, portanto, as soluções?

Bom, este texto não conhece de perto as necessidades do dia a dia de trabalho aí na sua empresa, mas, de toda forma, sabemos que todas as pessoas precisam se sentir motivadas para que possam entregar o que têm de melhor. E cabe a você, líder, conduzi-las à melhor versão delas mesmas.

E há um desafio ainda maior nesse processo: é comum que nem mesmo seus colaboradores saibam perceber aquilo que os motiva de verdade, portanto somente a sua aproximação, como um líder transformador, poderá fazer com que os colaboradores estejam motivados e produtivos.

Isso sim é uma equipe sintonizada, orgânica e coesa, um time de alta performance! A seguir algumas dicas:

 

1 – Aproxime-se de sua equipe

Esteja perto de sua equipe e coloque-se como alguém disposto a servir, faça-os confiar na condução que você tem a oferecer. Cumplicidade é valor indispensável nesse momento.

 

2 – Repense os processos

A solução que foi eficaz no passado pode ser obsoleta no presente. Você e sua equipe, juntos, serão mais eficientes, se conseguirem perceber o que precisa mudar. Portanto, mude, sem medo. Desenhe o passo a passo, junto com a sua equipe.

 

3 – Coloque as pessoas certas nos lugares certos

Imagina se você, hoje um gestor, fosse submetido à funções totalmente desconectadas com seu perfil, como seria a qualidade de suas entregas? Ou seja, passe a conhecer o potencial, o talento e os perfis dentro de sua equipe.

  • Um time de alto desempenho tem a ver com a compatibilidade entre o que se faz e o que se sabe fazer de melhor.


Agora é a hora de você virar esse jogo e fazer da motivação uma constante dentro da sua equipe. O sucesso será consequência natural após a correção desse problema. Que tal reunir seu time, agora mesmo, olhar nos olhos de cada um deles e perguntar, com sinceridade: o que te motiva?  Se precisar de ajude, conte com um Contador Consultor ao seu lado.

Posts Relacionados

Descubra quais são as características de um líder excepcional que estão em falta no mercado

Descubra quais são as características de um líder excepcional que estão em falta no mercado

data 26/06/2017

Uma recente pesquisa encomendada pelo IBMEC mostra que essa discussão sobre o que o mercado espera de bons profissionais e de bons líderes vai muito mais além do que uma apostila pode oferecer.

Continuar Lendo >>
Os estilos de liderança e seus impactos sobre a equipe e a empresa

Os estilos de liderança e seus impactos sobre a equipe e a empresa

data 25/05/2017

Existem vários estilos de liderança e a classificação desses tipos não tem a pretensão de colocar o perfil de uma pessoa dentro de um pacote, mas oferecer a possibilidade de uma reflexão importante capaz de conduzir a uma autocrítica.

Continuar Lendo >>
Liderar é verbo transitivo

Liderar é verbo transitivo

data 10/02/2017

Você se lembra da canção “comida”, dos Titãs? Ela fez muito sucesso nos anos 80, porém ainda continua dizendo muito sobre os modos de ser e viver de hoje em dia, trinta anos depois.

Continuar Lendo >>

Agende uma apresentação agora mesmo!

Clique aqui