Blog

Crédito Imóvel Próprio: o empréstimo que pode resolver sua situação financeira

Crédito Imóvel Próprio: o empréstimo que pode resolver sua situação financeira

13/06/2017

 

Neste texto vamos falar sobre um assunto bem comum na vida de muitas pessoas e talvez seja na sua também. Vamos falar sobre dívidas. Mas também sobre como superá-las.

 

Estamos passando por uma das piores crises de nossa história, mas para além deste momento específico, problemas com as finanças é algo comum na vida de muita gente.

 

Manter o controle da gestão financeira pessoal não é uma tarefa fácil, só que nem por isso deixa de ser necessária. E as dívidas são questões delicadas e quase sempre passam pela vida que nem uma bola de neve: elas vão crescendo e as despesas obrigatórias nos forçam a empréstimos que resolvem as coisas paliativamente.

 

  • Atualmente você está vivendo uma situação mais ou menos assim?

 

Se sua resposta é sim e se você tiver um imóvel quitado em seu nome, então este texto pode ser um grande conselheiro para você.

 

 

 

Crédito Imóvel Próprio

 

O Crédito Imóvel Próprio, que também é conhecido popularmente como hipoteca, é a modalidade de empréstimo que queremos que você conheça. Talvez ela seja uma boa solução para você conseguir quitar todas as suas dívidas de uma vez por todas e de maneira segura, compatível com seus rendimentos.

 

Essa modalidade de empréstimo serve para todas as pessoas que possuem um imóvel próprio, desde que esteja quitado, podendo ser usado para garantir melhores condições de pagamento.

 

Essa é uma linha de crédito oferecida por quase todos os bancos brasileiros.

 

Contudo, vale dizer que a Caixa Econômica Federal se destaca como a opção que oferece as menores taxas de juros.

 

 

 

 

Como funciona?

 

O grande diferencial do Crédito Imóvel Próprio, em relação às outras linhas de empréstimos, é o fato de poder colocar um imóvel como garantia de pagamento.

 

Dessa forma, o banco concede o empréstimo mediante a alienação fiduciária do bem, ou seja, a pessoa transfere a posse para o banco até a quitação de todas as parcelas.

 

  • Na prática, funciona como se você estivesse financiando sua própria casa.

 

Vantagens:

- Com o empréstimo, o cliente acaba tendo até 240 meses para pagar a dívida;

- O pagamento é descontado automaticamente da conta do cliente, diminuindo os riscos de inadimplência e aumento de juros;

- O valor das parcelas é decrescente, conforme o modelo utilizado nas tabelas de financiamento do SAC;

- O limite de crédito concedido vai de R$ 20 mil até 60% do valor de avaliação do imóvel;

- As taxas de juros são pequenas se comparadas com as que são oferecidas em empréstimos por aí em outras modalidades.

 

 

Como fazer o empréstimo?

 

Para quem for optar por solicitar o Crédito Imóvel Próprio da Caixa Econômica Federal, basta comparecer em uma das agências do banco.

 

O interessado deverá levar os seguintes documentos:

- Documento de Identidade;

- CPF;

- Comprovante de Estado Civil;

- Comprovante de residência;

- Comprovante de renda;

- Matrícula do imóvel.

 

É importante dizer que o contratante não pode deixar de observar o CET do empréstimo, ou seja, seu custo final. Outra dica importante é não deixar de conversar com o funcionário do banco para esclarecer todas as dúvidas e então verificar se essa modalidade é a melhor possível.

 

Após a aprovação e a assinatura do documento, o crédito é liberado na conta do solicitante. O valor poderá ser usado livremente, como o cliente quiser.

 

 

Existem riscos?

 

Eles sempre existem. É sempre bom lembrar que, caso a dívida não seja quitada, o banco poderá tomar o imóvel do contratante, por isso é sempre indicado fazer uma avaliação séria e precisa sobre as condições de arcar com esse programa de crédito.

 

Por mais que o Crédito Imóvel Próprio possua muitas vantagens em relação a outras linhas, é sempre bom pesquisar as opções existentes para cada pessoa.

 

Outros fatores podem ser levados em conta. Por exemplo, dependente do tempo de relação que você possui com seu banco, existe a possibilidade de conseguir outras opções de crédito mais próximas da sua necessidade e realidade.

 

Acesse a página do Crédito Imóvel Próprio da Caixa e conheça todas as informações que você precisa para tomar sua decisão.

 

 

 

Planejamento financeiro

 

Não importa se você vai ou não optar por um crédito para regularizar sua situação financeira, o essencial é que sua decisão venha a partir de muita análise sobre seus rendimentos nos próximos anos, período em que as parcelas do crédito farão parte de suas despesas.

 

  • Sua empresa precisa de um planejamento financeiro!

 

E para isso você pode contar conosco aqui da Marco Contabilidade & Gestão. A melhor solução para a vida financeira da sua empresa é sempre pensar duas vezes antes de decidir qualquer coisa.

Podemos pensar juntos, que tal?

Posts Relacionados

Como manter a gestão financeira diante da crise do Coronavírus?

Como manter a gestão financeira diante da crise do Coronavírus?

data 22/04/2020

Queda no faturamento, redução de movimento de clientes, desaceleração na produção, desfalque no número de colaboradores… As complicações decorrentes da crise são variadas. Para adaptar a gestão financeira nesse período, há alguns passos que precisam se tornar prioridade.

Continuar Lendo >>
Gestão de crise em tempos de Covid-19: Planejamento é a chave

Gestão de crise em tempos de Covid-19: Planejamento é a chave

data 14/04/2020

Como os jornais brasileiros têm noticiado, já é possível afirmar que um dos efeitos da pandemia está sendo sentido também no mercado, de forma mais ou menos impactante para determinados setores da indústria e de serviços. Como lidar com todas as preocupações decorrentes desse cenário? As principais lições que podem ajudar empresários nesse momento estão nas estratégias de gerenciamento de crise.

Continuar Lendo >>
Crise Financeira: Inteligência Emocional para sair do vermelho

Crise Financeira: Inteligência Emocional para sair do vermelho

data 19/04/2017

Crise econômica, queda de receita, aumento de impostos, despesas familiares, imprevistos que custam caro, despesas com funcionários, juros do cartão de crédito, prestação do último empréstimo prestes a vencer, dívidas e mais dívidas... ufa!

Continuar Lendo >>

Agende uma apresentação agora mesmo!

Clique aqui