Blog

Descubra quais são as características de um líder excepcional que estão em falta no mercado

Descubra quais são as características de um líder excepcional que estão em falta no mercado

26/06/2017

Ao acompanhar o que o noticiário diz sobre a oferta de empregos, é comum a gente ser informado de que as vagas até existem, mas o que faltam mesmo são pessoas qualificadas.

 

 

Quais seriam essas qualificações esperadas, então?

 

A partir das informações que circulam no senso comum, poderíamos pressupor de que se trata de atributos técnicos: um bom engenheiro, um profissional bilíngue, uma pessoa com uma experiência internacional numa grande empresa etc.

 

Sim, o mercado também está carente de pessoas qualificadas tecnicamente e investir em conhecimento específico dentro de cada área de atuação sempre será uma boa aposta para alcançar patamares mais altos na carreira.

 

  • No entanto, uma recente pesquisa encomendada pelo IBMEC mostra que essa discussão sobre o que o mercado espera de bons profissionais e de bons líderes vai muito mais além do que uma apostila pode oferecer. 

 

 

O que a pesquisa do IBMEC nos diz

 

A pesquisa “A cabeça de quem contrata – expectativas e desafios em relação ao profissional contemporâneo”, conduzida pelo Instituto Locomotiva e encomendada pelo IBMEC, indica que os gestores encontram dificuldades para contratar profissionais com alguns perfis específicos.

 

O estudo consultou 220 CEOs e diretores de RH, entre janeiro e fevereiro deste ano e desapontou as expectativas de quem esperava por um déficit de atributos técnicos, a partir da visão dos entrevistados.

 

Alguns dados interessantes:

 

  • 50% dos gestores entrevistados disseram ter dificuldades para encontrar profissionais inovadores, que pensam “fora da caixa”, que sejam engajados e que se portem como “donos do negócio”;
  • 70% dos gestores concordaram que um bom profissional deve ter características de liderança, além de ser colaborativo;
  • Duas qualidades sempre lembradas pelos entrevistados são as de saber trabalhar em equipe e possuir inteligência emocional.

 

Listamos esses e outros pontos destacados pela pesquisa e vamos falar um pouco sobre cada um deles neste artigo. Boa leitura!

 

 

 

 

1 – Liderança

 

Temos uma pergunta para você que nos lê e que ocupa uma posição de chefia neste momento:

 

 Você usa sua hierarquia apenas para supervisionar sua equipe e cobrar dela bons resultados ou você tem usado esse lugar para mobilizar seus colaboradores ao cumprimento de um objetivo em comum?

 

  • A sua resposta diz muito sobre se você é ou não um bom líder.

 

O mal hábito de separar a ideia de gestor da de líder circula com bastante frequência pelo senso comum de quem pensa o mundo corporativo sem se atualizar para as demandas dos novos tempos. E esses tempos não são os que ainda estão por vir, eles já chegaram.

 

Gerir e liderar são atributos para uma mesma pessoa e o mercado busca por alguém que una esses dois quesitos com harmonia e com capacidade para canalizá-los para conduzir equipes inteiras à conquista de grandes resultados.

 

Você está preparado?

 

Leia o artigo Os estilos de liderança e seus impactos sobre a equipe e a empresa 

 

 

2 – Trabalho em equipe

 

Você já deve ter escutado por aí aquela frase que diz que “o todo é maior do que soma de todas as partes”. Se já escutou então saiba que é a mais pura verdade. Essa é a concepção de todo que as empresas precisam.

 

Se você quer alcançar um nível de totalidade e compatibilidade de uma equipe, pense que o patamar ideal é aquele em que não seja mais possível identificar as diferenças, ainda que elas estejam presentes. E é bom que estejam, por que as distinções devem ser percebidas, só que não na composição das equipes, mas na capacidade de solucionar problemas diversos, complexos e difíceis.

 

Para que os resultados possam ser alcançados rapidamente e sem erros, a unidade do trabalho em equipe é fundamental.

 

 

3 – Gestão participativa das pessoas

 

Escrevemos recentemente aqui em nosso blog um artigo que fala sobre um estilo de liderança cada vez mais valorizado pelas empresas. É a Liderança Democrática. Indicamos esse artigo ali em cima, não deixe de ler.

 

Conheça as principais características da Liderança Democrática:

 

  • É o líder que se preocupa com o desenvolvimento e a participação de todos os seus subordinados;
  • Para essa liderança, a cultura do feedback é um elemento fundamental dentro do convívio corporativo;
  • Esse líder entende que sua palavra-final é a mais importante, mas leva em conta a participação de todos na construção de sua síntese;
  • Esse tipo de liderança costuma deixar um legado importante para seus liderados, fazendo com que esses o levem como inspiração ao longo de suas carreiras.

 

 

 

4 – Boa relação interpessoal

 

Não existe líder sem liderados. E não existe bom líder onde não há essa compreensão!

 

É primordial que todo líder demonstre para todos que está dando o melhor de si no local de trabalho, mas é importante também que leve toda a sua equipe a fazer o mesmo, que possa carregar na essência do dia a dia o sentimento de comprometimento.

 

Isso só será possível se entre líderes e liderados houver três valores que fortaleçam as relações interpessoais em qualquer nível: respeito, credibilidade e confiança.

 

 

5 – Inteligência emocional

 

Todo bom profissional deve saber o que é Inteligência Emocional. Mais do que isso, deve aprender a desenvolver esse atributo para que consiga alçar voos altos em sua carreira.

 

Para quem ocupa uma posição de liderança, a questão é ainda um pouco mais complexa, mas que tem a ver com a arte de liderar. O bom líder é o que controla perfeitamente a própria inteligência emocional, mas que também saiba conduzir sua equipe a fazer o mesmo.

 

É preciso jogo de cintura, já que uma equipe sempre é composta por pessoas com personalidades distintas e com níveis de maturidade variados.

 

  • Seria possível uma pessoa influenciar a inteligência emocional de um time inteiro?

 

Ora, é para isso que serve a empatia:

 

  • Coloque-se no lugar do outro e entenda suas razões, mesmo não sendo necessário concordar com elas;
  • Preste atenção na maneira com que sua equipe se comunica, nas palavras que usam, nas expressões corporais que são mais evidentes;
  • Dialogue com sua equipe e use essa prática para conhecê-la mais.

 

Transforme os pontos fracos em pontos fortes.
Transforme os pontos fortes em performance.

 

Acredite, você consegue, afinal você é um líder!

 

 

6 – Comportamento de dono do negócio (ownership)

 

Se alguém te perguntar quais são suas pretensões para os próximos 5 ou 10 anos, é provável que uma de suas respostas seja a de que você quer “crescer na carreira”.

 

Saindo do clichê e indo para o que a vida real nos reserva, é sempre importante compreender que certos objetivos só são alcançados quando estamos prontos para eles.

 

Quando queremos muito algo e isso nunca vem, nos acostumamos a perguntar o que estamos fazendo de errado. Nem sempre o “estamos” é o verbo correto.

 

  • Pergunte-se: o que você tem sido de errado. Ao invés de procurar estar, procure ser.

 

Não dá para pensar em crescer na carreira se o gestor só toma decisões pautadas apenas em interesses pessoais, ou se enxerga apenas as necessidades do seu setor.

 

O que o mercado busca é por lideranças que tenha comportamento de dono do negócio. Se sua pretensão é um dia obter a titulação de CEO, saiba que primeiro esse lugar precisa ocupar a sua essência.

 

  • O que está visível ao lado de fora é apenas consequência do que você já se tornou internamente.

 

 

 

7 – Atitudes inovadoras

 

Se você representa uma solução que as empresas já conhecem, então por que elas deveriam te contratar? Já se perguntou isso hoje?

 

Separamos cinco habilidades que um líder precisa ter para que possa se destacar a partir de suas atitudes inovadoras. Conheça todas elas:

 

1 – Capacidade de gerenciar riscos

O que se espera de um bom líder é que, ao inovar em uma proposta de solução, ele já apresente a superação dos possíveis riscos. O desafio está colocado!

 

2 – Curiosidade

O líder ideal nunca sente que já sabe de tudo, pelo contrário, ele se move pela ansiedade provocada pelo que ainda não sabe. Dessa forma, ele sempre busca aperfeiçoar seus conhecimentos e agregar ao todo com algo novo.

 

3 – Coragem

O líder ideal é proativo e lidera com confiança e autoridade. Quando aparece em sua frente uma circunstância difícil, ele a enxerga como uma oportunidade privilegiada.

 

4 – Senso de oportunidade

Líderes com senso de oportunidade antecipam obstáculos para que sejam superados logo, e então que a partir dessa experiência novas oportunidades possam ser produzidas.

 

5 – Manter a perspectiva estratégica do negócio

O líder que as empresas buscam e precisam é aquele que demonstra uma capacidade aguda de compreender as novas tendências de mercado para que a sua equipe se antecipe e se capacite para fazer uso de todas elas.

 

 

8 – Bom networking

 

Uma boa rede de contatos agrega atributos indispensáveis na construção de uma boa liderança. Primeiro por que a pessoa fica situada no meio da circulação de oportunidades.

 

Mas não só isso, através do networking, é possível aproveitar a circulação de ideias novas, demandas de mercado e tendências da área no qual o profissional pertence.

 

 

9 – Hábitos saudáveis e cuidados com a saúde

 

Mas é claro que os hábitos para uma vida saudável devem constar numa lista de atribuições de uma liderança excepcional. O corpo e a mente são os lugares onde as ideias e as ações habitam. Sendo assim, líderes que cuidam da própria saúde e mantém uma imagem serena bem cuidada inspiram e influenciam pelo que são. Não deixe de levar isso em conta!

 

 

10 – Equilíbrio entre a vida pessoal e profissional

 

Não adianta tentar nadar conta a corrente, é praticamente impossível uma vida pessoal instável não reverberar em uma trajetória profissional.

 

Não se trata de não ter problemas, mas de saber que a família, os relacionamentos afetivos e as boas amizades, quando pautadas a partir do respeito, ajudam a fortalecer a autoestima. O líder que as empresas procuram possuem confiança em si e não se constrói uma pessoa bem resolvida apenas no ambiente de trabalho.

 

Todo líder é humano 24 horas por dia, em todos os lugares!

 

 

 

Gostou deste artigo?

 

Ele foi útil para informar algo relevante para suas pretensões profissionais?

 

Se sim, então vamos combinar duas coisas:

 

A primeira: compartilhe-o com seus amigos e ajude-os a perceber como construir uma liderança excelente.

 

A segunda: venha conversar conosco da Marco Contabilidade & Gestão. Tudo o que você leu aqui é apenas um aperitivo de todo o aprendizado que podemos compartilhar sobre a liderança que você precisa ser para se destacar em sua carreira.

Posts Relacionados

Como corrigir uma equipe desmotivada

Como corrigir uma equipe desmotivada

data 05/11/2018

Qual é a sua motivação?

Continuar Lendo >>
Os estilos de liderança e seus impactos sobre a equipe e a empresa

Os estilos de liderança e seus impactos sobre a equipe e a empresa

data 25/05/2017

Existem vários estilos de liderança e a classificação desses tipos não tem a pretensão de colocar o perfil de uma pessoa dentro de um pacote, mas oferecer a possibilidade de uma reflexão importante capaz de conduzir a uma autocrítica.

Continuar Lendo >>
Liderar é verbo transitivo

Liderar é verbo transitivo

data 10/02/2017

Você se lembra da canção “comida”, dos Titãs? Ela fez muito sucesso nos anos 80, porém ainda continua dizendo muito sobre os modos de ser e viver de hoje em dia, trinta anos depois.

Continuar Lendo >>

Agende uma apresentação agora mesmo!

Clique aqui