Blog

Metas, métodos e a sobrevivência da sua empresa

Metas, métodos e a sobrevivência da sua empresa

27/03/2017

O entendimento sobre metas é algo tão comum que facilmente cai na banalidade e isso faz com que tanto colaboradores quanto gerência percam a dimensão da importância de como esse elemento é determinante para que os resultados sejam alcançados.

 

A princípio, metas não surgem do nada, elas são, na verdade, os desdobramentos dos objetivos de uma empresa. Pensar em metas é se preocupar com o cenário que vem pela frente, lugar no qual onde elas serão alcançadas ou não. Metas também são dispositivos de afetividade, pois precisam fazer parte do dia a dia de todos os funcionários. A meta geral de uma empresa está muito longe da rotina de um colaborador, mas ela se desdobra até a sua meta individual, e essa sim precisa fazer parte da rotina de quem é responsável por ela. Sempre que alguém não tem clareza de suas metas ou não se importa com elas, o desempenho cai.

 

Uma ilustração:

Se a meta de sua empresa é construir um prédio de dez andares em dez meses, então um andar precisa ficar pronto por mês. Uma parede de cada andar precisa ficar pronta dentro de determinado tempo. Nesse meio tempo, funcionários podem entrar em greve, períodos de chuvas podem paralisar a obra e etc. E a meta, como fica?

Depois dessa pergunta, é imprescindível haver uma resposta!

 

 

 

Os efeitos das metas sobre sua equipe

 

Existe um fenômeno que surge sempre que todos os funcionários de uma empresa estão envolvidos no cumprimento de suas metas. Podemos chamá-lo de COOPETIÇÃO. É a fusão entre COORPERAÇÃO e COMPETIÇÃO.

 

COMPETIÇÃO: A partir do momento em que um grupo de pessoas precisa cumprir metas, é natural que um espírito competitivo surja entre elas, e essa é uma boa oportunidade para que tal sentimento seja canalizado em prol de bons resultados.

 

COOPERAÇÃO: A partir do momento em que esse grupo se percebe como um time, que trabalha em prol de um objetivo comum e maior, então surgirá uma cooperação entre eles para que possam se ajudar, se monitorar e então aumentar a qualidade do que todos entregam.

 

 

Não definir métodos é um erro grave

 

Você já se perguntou por que as metas estabelecidas por sua empresa não são alcançadas? Metas que nascem órfãs de planejamento não produzem bons efeitos. Quando um objetivo é consistente e está de acordo com todas as características, processos e planejamento da empresa, então é natural que o caminho até o cumprimento das metas seja formado por métodos.

 

A própria origem etimológica da palavra já expressa esse entendimento: metá (verdade) e hódos (caminho). Ou seja, método é o caminho para a verdade. Verdade, por sua vez, é a meta a ser atingida. E atingir, por fim, é dinheiro e lucro, obviamente.

 

Como assim, métodos?

  • Qual a melhor abordagem para convencer seu público-alvo a comprar?
  • A cultura interna de informalidade de sua empresa realmente contribui para o aumento da produtividade de sua equipe?
  • Se nos meses de julho, agosto e setembro, sua empresa vende menos, então é provável que a estratégia de venda nesse período sofra alguma adaptação, certo?
  • Sabe aquela mudança de hábito que fez sua equipe aperfeiçoar a gestão de tempo e produzir mais?

 

Método é mais ou menos isso, ações pontuais e aparentemente pequenas, mas que produzem efeitos enormes no final das contas – por que antes de produzirem efeitos, possuem sentido.

 

 

 

Metas SMART

 

Antes de mais nada, leia nosso artigo O que você sabe sobre as metas da sua empresa? e aprofunde seus conhecimentos sobre esse assunto.

 

O sistema de metas SMART reúne características essenciais para a qualidade de todas as metas de sua organização. São dispositivos simples, mas que produzem efeitos definidores nos resultados finais:

 

METAS ESPECÍFICAS: objetivos específicos para todos os setores, sem qualquer ambiguidade, que funcione para orientar e não confundir ou desmotivar.

METAS MENSURÁVEIS: metas que possam ser medidas quantitativamente e representadas em números, gráficos e que possam ser comparadas com períodos anteriores.  

METAS ALCANÇÁVEIS: metas possíveis se serem alcançadas a partir do cumprimento dos métodos, por toda a equipe.

METAS RELEVANTES: objetivos que façam sentido, que possam valer a pena, que possuam a aceitação de toda a equipe, para que ela possa se empenhar para alcançá-lo.

METAS COM PRAZO: metas que possam ser entendidas e lidas em prazos curtos, médios e longos, e que essa fragmentação seja compatível.

 

 

 

Seja honesto com suas metas

 

Agora que você chegou até aqui, gostaria de convidá-lo para responder seis perguntas. Mas responda para você mesmo, contextualize-as com a situação de sua empresa hoje. Vamos lá?

 

1 – Quem está envolvido?

2 – O que eu quero realizar, afinal?

3 – Onde isso vai acontecer? É viável?

4 – Quando isso vai acontecer? Teremos tempo?

5 – Quais necessidades e restrições farão parte do processo?

6 – Por que estou definindo essa meta?

 

Sentiu dificuldade em responder? Calma, isso é normal e existe uma solução. Podemos aproximar todas essas questões da real situação de sua empresa. Esse exercício é potente na função de produzir soluções que possam ser implementadas e então chegar a resultados incríveis e inéditos.

 

Se você realmente quer chegar até lá, venha conversar conosco da Marco Contabilidade & Gestão. Não hesite em pedir ajuda agora, antes que seja tarde. Estamos te esperando!

Posts Relacionados

Como utilizar a DRE para cortar despesas do negócio

Como utilizar a DRE para cortar despesas do negócio

data 10/03/2020

Quando a necessidade é enxugar gastos e cortar despesas para afrouxar as contas do mês, um documento muitas vezes negligenciado entre a papelada contábil pode ser a chave: a Demonstração de Resultados, ou DRE.

Continuar Lendo >>
Conheça os primeiros passos para abrir seu próprio negócio

Quais são os primeiros passos para abrir seu próprio negócio?

data 02/03/2020

Abrir um novo negócio exige uma preparação que vai bem além da obtenção dos recursos financeiros iniciais. Há orientações que, se seguidas ainda nos primeiros passos do empreendedor, são determinantes para se proteger dos riscos envolvidos nessa atividade.

Continuar Lendo >>
WhatsApp no Trabalho: Permitir ou Proibir?

WhatsApp no Trabalho: Permitir ou Proibir?

data 23/12/2019

Se por um lado o WhatsApp traz facilidade na comunicação, por outro, há bastante preocupação quanto à queda da produtividade por conta da liberação do aplicativo no ambiente de trabalho. Como administrar o tempo para utilização do WhatsApp no horário comercial (e até fora dele)? Será que a solução é proibir?

Continuar Lendo >>

Agende uma apresentação agora mesmo!

Clique aqui