Blog

O segredo da gestão de pessoas

O segredo da gestão de pessoas

11/02/2019

Para boa parte dos gestores, gerir pessoas é um dos maiores desafios encontrados na rotina na empresa. Realmente, é inegável que administrar números, planilhas e papéis é completamente diferente de administrar humores, expectativas e (des)motivações. Indivíduos são bem menos previsíveis que números, afinal, há muitos sentimentos, anseios, traços de comportamento e personalidade envolvidos que tornam o relacionamento uma “ciência” nada precisa. Se tudo isso lhe parece um bicho de sete cabeças, um dos maiores executivos do mundo, Jack Welch, já tratou de acalmar os ânimos dos gestores ao afirmar que, na verdade, a gestão de pessoas pode ser vista como a parte mais fácil da gestão de uma empresa.

O ex-CEO da gigante GE, multinacional com atuação em mais de 100 países e mais de 300 mil funcionários, (já falamos dele no post “Os 10% que você deve demitir”), afirmou essa visão por meio de uma explicação bastante simples.

Quer saber como tornar a gestão de sua equipe muito mais fácil? A solução para uma maior eficiência da sua empresa pode estar neste post! Acompanhe.

As três ações para o sucesso

Para Welch, o segredo da gestão de pessoas pode ser resumido a três atividades, que devem ocorrer de maneira integrada. São elas: desafiar, remunerar e celebrar. Entenda como elas se relacionam!

- Desafiar

A primeira atividade a que o gestor deve se dedicar é estabelecer, de maneira constante, desafios para sua equipe. Isso significa que é essencial que o time se sinta sempre orientado a cumprir uma ou mais metas desafiadoras.

A lógica para trabalhar com desafios tem relação com o fato de que manter rotinas sempre iguais e automatizadas nas empresas é uma das maneiras mais fáceis de desmotivar uma equipe – o funcionário se sente pouco útil, apresenta cada vez menos interesse em crescer e acaba estagnado, sem adquirir novos conhecimentos ou apresentar resultados melhores. Para combater o desânimo, que afeta diretamente o rendimento, o gestor deve atuar com estratégias que envolvam a equipe a entregar resultados, e desafiar é uma saída ideal. As metas a cumprir podem ser tanto individuais quanto por setores, mas o sucesso dessa estratégia estará diretamente associado ao esforço da gestão em orientar da melhor maneira as metas – ou seja, deixar muito claro o que deve ser feito, qual o objetivo final e o caminho para conseguir os resultados buscados – e ainda em acompanhar de perto, participando ativamente do processo. Um time que se sente desafiado a produzir mais e melhor obtém bons resultados bem mais rápido!

- Remunerar

À medida que a equipe entrega, é uma responsabilidade da gestão oferecer uma remuneração satisfatória, que seja compatível com o trabalho executado e consiga atender aos anseios individuais de cada funcionário. Ainda que boa parte da participação proativa de um colaborador esteja relacionada a aspectos intangíveis como o sentimento de fazer parte ou a valorização que recebe no dia a dia, é preciso considerar sempre que um de seus fatores de motivação é sentir que o salário recebido é justo e o possibilita alcançar seus objetivos, sem passar por apertos financeiros.

É natural que haja uma relação próxima entre a produção do colaborador e a satisfação remuneratória, portanto, o gestor deve manter o olhar atento ao cumprimento dessa questão e sempre tratá-la com transparência e diálogo franco junto à equipe.

- Celebrar

Sua equipe abraçou as metas estabelecidas, conseguiu cumpri-las e recebeu a justa remuneração pelo trabalho executado. Agora, é o momento de celebrar! É um erro bastante comum das gestões diminuir a importância dessa etapa ou mesmo ignorá-la. Eis aí um dos motivos para se deparar, em pouco tempo, com uma equipe cada vez menos interessada em se envolver com as atividades propostas ou necessárias para o crescimento da empresa.

Celebrar é, antes de tudo, demonstrar reconhecimento por parte da gestão a cada colaborador. Com ele, o colaborador tem o sentimento de “encerrar uma missão” e se sente mais empenhado a realizar uma nova tarefa, sabendo que a gestão está atenta a seu bom desempenho. Mas não se trata apenas de grandes celebrações para tarefas grandiosas: a valorização acontece na celebração das pequenas vitórias, motivando de maneira constante e sempre lembrando de agradecer e parabenizar ao final de um bom trabalho executado.

Além do efeito motivador, celebrar é também uma maneira de marcar aquela vitória. Caso contrário, as conquistas se tornam efêmeras, perdem a importância e o colaborador pode até se sentir menos capaz de fazer um bom trabalho, já que não se dá conta de seu potencial e do que já cumpriu até aquele momento. Enquanto uma remuneração financeira vai para o bolso, as celebrações vão direto para o coração. Lembre-se de valorizá-las!

Por fim, fica o questionamento: você sente que tem aplicado o segredo de Welch na gestão de seu pessoal?

Se sentir que há melhorias a fazer, coloque-as em prática o quanto antes. Os resultados serão sentidos rapidamente, em forma de equipe motivada, cumprimento mais eficiente de tarefas e consequente crescimento para a empresa.

Compartilhe suas experiências conosco!

 

Posts Relacionados

Os 10% que você deve demitir

Os 10% que você deve demitir

data 17/12/2018

A capacidade de gerir pessoas é determinante para o sucesso de qualquer empresa. Identificar habilidades, incentivar o crescimento individual e motivar constantemente a equipe são algumas das atribuições de um gestor capazes de fazer a diferença em resultados efetivos para a empresa. Você já enfrentou dificuldades em manter ações nesse sentido na sua empresa ou mesmo em identificar o que pode estar travando seu desenvolvimento? Jack Welch pode te ajudar. Entenda!

Continuar Lendo >>
Como corrigir uma equipe desmotivada

Como corrigir uma equipe desmotivada

data 05/11/2018

Qual é a sua motivação?

Continuar Lendo >>
Descubra quais são as características de um líder excepcional que estão em falta no mercado

Descubra quais são as características de um líder excepcional que estão em falta no mercado

data 26/06/2017

Uma recente pesquisa encomendada pelo IBMEC mostra que essa discussão sobre o que o mercado espera de bons profissionais e de bons líderes vai muito mais além do que uma apostila pode oferecer.

Continuar Lendo >>

Agende uma apresentação agora mesmo!

Clique aqui