Blog

Quais são os primeiros passos para o controle financeiro da sua empresa?

Quais são os primeiros passos para o controle financeiro da sua empresa?

19/07/2019

Desafios diários são parte constante da rotina de um empreendedor. Dentre tantas responsabilidades para administrar ao mesmo tempo, é preciso buscar maneiras de manter o controle sobre todos os setores da empresa, sem negligenciar nenhum por considerá-lo “menos importante”.

No que diz respeito à saúde do negócio, o correto controle das finanças é o que garantirá que a empresa se mantenha ao longo dos anos – especialmente no período inicial, já que há dados que indicam que 40% das empresas fecham as portas antes mesmo de completar 5 anos*, um número atribuído em boa parte a deslizes financeiros.

Trata-se de um erro bem mais comum do que se imagina na gestão empresarial: focar em questões operacionais do dia a dia, considerando que são elas que fazem o negócio funcionar, e deixar de lado a observação atenta das finanças.

Em pouco tempo, o gestor pode ser surpreendido ao descobrir que seu negócio está sob sérios riscos por conta de diferentes problemas relacionados à gestão financeira: controle de custos desregulado, inadimplência, débitos de impostos, imobilização excessiva de capital...

Mas como evitar a ocorrência de falhas como essa, iniciando um bom controle financeiro para a empresa? Temos algumas dicas para você, gestor.

 

Organize: A importância do fluxo de caixa

O primeiro passo para alcançar o controle financeiro necessário para o sucesso do negócio será, com certeza, obter uma visão ampla e organizada sobre tudo que se recebe e se paga. Essa movimentação de entradas e saídas compõe o conhecido fluxo de caixa da empresa.

Ter o controle sobre o fluxo de caixa exige bem mais atenção do que simplesmente receber quantias e fazer pagamentos de maneira automática. Há uma série de despesas e entradas que ocorrem diariamente na rotina da empresa e muitas vezes sequer são lembradas, mas podem impactar diretamente o presente e o futuro financeiro do negócio.

Por esse motivo, a principal recomendação que pode ser dada é esquematizar da maneira mais detalhada possível o fluxo de caixa.

Um esquema pode ser um desenho, uma tabela ou qualquer outro meio que se utilize para visualizar com a amplitude necessária como ocorrem os processos na empresa, de onde saem todas as despesas e de onde vêm as entradas e, consequentemente, o lucro.

A atualização de tal controle precisa ser feita de maneira constante e minuciosa, permitindo enxergar e acompanhar, mensalmente ou conforme periodicidade necessária, a real situação financeira – afinal, todos sabem que o equilíbrio de qualquer negócio se obtém tendo mais ganhos que gastos.

 

primeiros-passos-controle-financeiro-empresas

 

Automatize: Conte com as ferramentas disponíveis

Vale lembrar que, se antes os gestores passavam horas quebrando a cabeça para formatar a melhor maneira de levantar todos os números do negócio e manter o controle periódico, as recentes soluções de automatização da gestão financeira trouxeram muito mais agilidade e facilidade para tais rotinas.

Hoje, softwares capazes de realizar as tarefas de organização e planejamento do setor, como é o caso do Conta Azul, trazem benefícios diversos: além de permitirem o total controle do fluxo de caixa de modo bem menos complexo (sem todo aquele trabalho manual), as ferramentas disponibilizam dados e relatórios que podem ser aproveitados para a inteligência do negócio.

Como o gestor tem mais tempo disponível por conta da diminuição do trabalho permitida pela automatização, sobra espaço para que se dedique a um passo ainda mais importante: fazer a análise de todos esses dados obtidos.

 

Monitore: Utilize dados para alcançar resultados melhores

A consequência da aplicação dos dois passos citados anteriormente é ter em mãos um grande volume de informações preciosas para o sucesso e o crescimento da empresa.

A partir daí, o gestor pode se dedicar a estudar processos, avaliar ameaças e oportunidades e ainda projetar o futuro. O planejamento financeiro é uma chave determinante na estratégia do negócio, na medida em que viabiliza o crescimento de maneira saudável e controlada.

Nesse momento, um diferencial para o gestor é contar com o auxílio de um Contador Consultor. Além de dominar os números da empresa para realizar as principais atividades de contabilidade, esse profissional se dedica a acompanhá-la de perto, fornecendo apoio direto na gestão para a apresentação de relatórios, análise de dados e estudo de estratégias. Um apoio fundamental para que a empresa alcance controle financeiro aliado ao crescimento em todas as outras frentes!

 

Lembre-se que as principais lições de um empreendedor se dão na prática, ao experimentar, errar, reerguer-se e seguir em frente. Mas para dar passos mais certeiros, você pode contar com o apoio de quem entende!

Posts Relacionados

Ano novo, Contabilidade nova: aproveite o momento ideal para melhorar os serviços contábeis

Ano novo, Contabilidade nova: aproveite o momento ideal para melhorar os serviços contábeis

data 12/12/2018

2018 está chegando ao fim. Agora é o momento certo para colocar as finanças da sua empresa em ordem, para que todas as energias daqui pra frente sejam gastas para fazê-la crescer, de maneira mais sustentável e segura.

Continuar Lendo >>
Custo é igual unha, tem que cortar toda semana

Custo é igual unha, tem que cortar toda semana

data 13/08/2018

Há um ditado popular que diz que “quem não agradece o pouco, não merece o muito”. Faz sentido. No entanto, para quem é empresário, seja de uma grande, média ou pequena empresa, a relação entre muito e pouco vai mais além.

Continuar Lendo >>
Cuidado com as multas do eSocial!

Cuidado com as multas do eSocial!

data 25/06/2018

Se você leu o nosso artigo sobre o eSocial, então é provável que sua empresa já esteja se preparando para o eSocial e todos os impactos positivos e negativos que ele poderá trazer para o dia a dia dos negócios.

Continuar Lendo >>

Agende uma apresentação agora mesmo!

Clique aqui